sexta-feira, 5 de junho de 2009

Fair-Play lolol

"Deixo aqui esta noticia em primeira mão á comunidade de poker, porque certamente vai aparecer na comunicação social. Mas quero deixar relatado a realidade dos factos.
Ontem á noite foi efectuada uma rusga no Clube de Bridge de Lisboa, pela polícia e a Inspecção geral de jogos. Foi apreendido material de jogo, o gerente do clube constituido arguido bem como todos os que estavam a jogar e arolados como testemunhas com um mandato de comparência. Eu pessoalmente fui apanhado em flagrante com 3 fichas pretas, 3 fichas vermelhas, 4 fichas azuis, 5 fichas brancas e duas cartas, o Ás de copas e o Ás de espadas, conforme consta no auto de apreensão. Má hora para os agentes aparecerem, porque na mesa havia um jogador com um par de Damas e outro com AK, estivemos a ver o flop e ia ser triple up para mim, como costumo dizer não preciso de sorte precisava era de não ter azar."

"Quando os torneios começaram a ficar maiores, nós que iamos á mais tempo indagamos o gerente acerca da legalidade dos mesmos, ao que ele respondeu que tinha uma licença de jogo para o clube e que o poker era um dos jogos autorizados, juntamente com tantos outros. Ontem á noite essa licença foi obviamente mostrada ás autoridades, que responderam que embora fosse passada pelo organismo competente para o fazer e embora tivesse seguido todos os tramites legais, não era legal! E por consquência ali estavam os agentes em peso para fazer cumprir a lei."




Relato escrito por Pan Mei no forum do pokerpt.com

http://pokerpt.com/forum/the-donk-wild-poker-experience-acabou-t13964.html

Sem comentários: